Por que passar o dia no parque

O sol bate na janela e aos poucos invade todo quarto. Está frio, e os raios solares aquecem nosso ânimo. Fácil não é, mas pelo menos agora você tem um bom motivo pra sair da cama. Levantar, trocar de roupa, lavar o rosto. Depois do café, enquanto a preguiça insiste em ficar no seu pé, você pensa no que fazer. Final de semana ensolarado não dá pra ficar em casa, né? (quem sabe Netflix à noite)

Trabalho, escola, compromissos… Deixe tudo isso pra quando começar a semana. Faça render o seu finde, curta o solzinho e os amigos. Passar o dia no parque pode ser mais divertido do que você pensa. Afinal, o que fazer no parque? Ora bolas, um monte de coisa bacana: piquenique, andar de bicicleta, caminhada, corrida, passeio com seu amigo de quatro patas, vôlei, futebol, ler encostado numa árvore ou simplesmente lagartear na companhia do chima e das bergas. O contato com a natureza é ótimo pra recarregar as energias. Faz bem pra corpo e mente.

Pesquisas apontam que a interação com o ambiente verde reduz estresse, pressão arterial e infecções, além de aumentar a produção de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa de nosso organismo. Como parte da natureza, somos “programados” a amar tudo que é vivo. Esse conceito, chamado biofilia, ajuda a explicar o bem-estar proporcionado pela fauna e flora. Estudos comprovam, ainda, a influência positiva de ambientes não poluídos: aumentam a amplitude das ondas cerebrais, gerando efeito tranquilizante.

E você, que tal passar o dia no parque? Permita-se e compartilhe com a gente lá no Facebook 🙂

 

Fontes: O GloboMega Curioso