Como se livrar do limo e do mofo na sua casa

Você limpa, limpa, limpa, e o limo ou mofo teimam em não abandonar sua casa. Essa é uma situação bastante comum, principalmente em locais úmidos e com pouca ventilação.
Não é apenas uma questão estética e relacionada aos cheiros desagradáveis. Tem relação também com a saúde. Os esporos produzidos pelo mofo, facilmente espalhados pelo movimento do ar, podem agravar os sintomas da asma, transmitir bactérias e até causar infecções. Além disso, alergias na pele, rinite, sinusite e problemas nos olhos são recorrentes. 

Existem produtos à venda no mercado especializados em combater de maneira eficaz esses e outros inconvenientes. Mas há diversas atitudes (simples) que a gente pode tomar (e economizar). Vejamos algumas:

COMO PREVENIR
Limpe e higienize
Quando mantemos a casa limpa e arejada, inibimos o desenvolvimento e a proliferação de mofos, limos e bactérias. Uma dica bacana é aplicar vinagre branco em áreas úmidas, sem janelas e ventilação ruim. Aguarde cerca de 1 hora, lave o local com água quente e seque bem com toalha. Estima-se que 82% das espécies de mofo não sobrevivem à acidez do vinagre.

Evite a umidade
Fungos, de maneira geral, adoram umidade. Em cômodos sem janelas ou com excesso de umidade (banheiros, cozinhas e porão, por exemplo), desumidificadores ajudam nessa batalha. Para facilitar a ventilação interna, deixe espaços entre as paredes e os móveis.

Conserte vazamentos e infiltrações
Fique atento ao acúmulo de água acima do normal. Quase sempre, esses problemas são silenciosos, mas costumam trazer uma dor de cabeça daquelas. Verifique canos, possíveis pontos de vazamento e rachaduras no teto e nas paredes.

Embale suas roupas
Sabe aquela peça que fica meses no guarda-roupas? Durante todo o inverno ou verão, sempre temos vestes esquecidas no armário. Recomenda-se guardar roupas com menos uso em sacos plásticos. Após três meses sem mexer nelas, é interessante lavá-las antes de vestir.

Seque tecidos e tapetes
Após limpar bem os tecidos de sua casa, mantenha-os secos e em áreas bem ventiladas. Com relação aos tapetes, opte por aqueles fabricados a partir de fibras sintéticas, sobretudo em áreas mais úmidas.

RECEITA CASEIRA PARA TIRAR LIMO
Como já mencionamos, o mercado está lotado de produtos que prometem remover todo o mofo e limo acumulado. Se você busca algo mais natural, sem tanta química envolvida, a gente traz aqui para o blog uma receitinha fácil e pra lá de prática:

Ingredientes
– 350 ml de água
– 350 ml de cloro ou água sanitária
– 04 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio
Misture bem

Uso
Pulverize o local desejado, aguarde de 5 a 10 minutos até que a mistura reaja, esfregue e enxágue. Cuidado, dependendo do seu borrifador, a manguerinha dele pode entupir.

E O MOFO NA ROUPA?
Caso você esqueça de embalar em sacos plásticos – conforme a dica acima -, ou lavar a peça de roupa com frequência, o mofo pode encontrar um ambiente ideal pra seu crescimento. Em situações como essa, temos algumas sugestões:

Roupas brancas
Misture uma colher (sopa) de sal com suco de limão e vinagre. Esfregue bem e enxágue o ponto afetado.

Roupas coloridas
Aplique suco de limão e esfregue delicadamente por mais ou menos 5 minutos. Enxágue bem.

Couro
Passe um pano molhado em vinagre de maçã. Depois de resolvido o problema, hidrate o local com vaselina ou óleo de amêndoas.

Aqui na Serra, onde o outono e o inverno costumam castigar e encher os ambientes de umidade, cada detalhe faz diferença na hora de evitar esses pequenos intrusos – mofos, limos e afins. E você, tem esse tipo de problema em casa? E o que costuma fazer a respeito? Compartilhe com a gente lá no Facebook.

Fontes:
wikiHow
Mr. Músculo
Tati Godoy
Gshow
Tua Saúde