O planeta das sacolas plásticas

Você sabia que anualmente são consumidas 1 trilhão e 500 bilhões de sacolas plásticas no mundo? Em algarismos, isso dá 1.500.000.000.000. Com certeza nem o prêmio máximo da Mega Sena já teve tantos zeros assim, não é? E ao contrário da loteria, que quanto mais números tiver melhor fica, esse índice alarmante do uso de plástico está dizimando o planeta. Mas ainda há tempo de impedirmos isso, se ficarmos unidos!

As sacolas plásticas no Brasil

Segundo uma pesquisa divulgada em 20187, estima-se que, por ano, sejam distribuídas 12 bilhões de sacolas plásticas no Brasil. Isso dá cerca de 800 sacolas plásticas por pessoa! Essa pesquisa também revelou que o brasileiro está entre os países que mais consomem sacolas plásticas sem necessidade.

E o problema não está só no consumo irresponsável. A grande maioria das sacolas não é descartada de maneira correta, aumentando a poluição, entupindo bueiros, indo para matas e oceanos e sendo ingeridas por animais, que morrem sufocados ou presos. E esse plástico que se espalha pelo mundo não vai desaparecer tão cedo. Afinal, uma sacola plástica leva 300 anos para se decompor.

A produção do plástico

Os problemas que o uso indiscriminado do plástico gera não param no consumo e no descarte. A sua produção consome gás e petróleo, que são recursos não-renováveis; além de gás e energia elétrica.

As fábricas de plásticos liberam rejeitos líquidos altamente tóxicos e emissão de gases que geram efeito estufa, e os trabalhadores dessas empresas apresentam sérios problemas de saúde. Fora tudo isso, ainda tem o desperdício: 100 bilhões de sacolas plásticas desperdiçam 12 milhões de galões de petróleo.

Então as sacolas de papel são a solução?

Quem lembra quando íamos aos supermercados e usávamos sacos de papel para carregar as compras? Por que não voltamos a usá-los?

Apesar da alternativa parecer mais condizente com a preservação do meio ambiente, o impacto seria igualmente prejudicial. Papel é feito de celulose, que é retirado das árvores. Ou seja, se a demanda por celulose cresce, aumenta também o consumo de madeira. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos são usadas 14 milhões de árvores por ano, somente para a produção de sacos de papel, já que os norte-americanos consomem 10 bilhões deles por ano.

A produção de papel também gera problemas ao meio ambiente. São utilizadas grandes quantidades de água, energia elétrica e produtos químicos, cujos rejeitos são despejados nas águas e no ar. Se formos comparar, a produção de papel polui mais do que a de plástico.

Então você deve pensar: mas o papel não pode ser reciclado? Pode, e essa seria uma ótima vantagem. Mas o processo de reciclagem consome mais alguns milhares de litros de água e utiliza uma série de produtos químicos altamente tóxicos, que são posteriormente jogados no meio ambiente. Ou seja, não é uma opção totalmente condizente com a preservação do planeta.

Afinal, qual é a melhor solução para diminuir o consumo de sacolas plásticas?

Pode parecer superficial, mas a melhor solução é a conscientização sobre o consumo. Isso significa que cada um de nós deve refletir antes de usar uma sacola plástica.

Pensar se é realmente necessário, se não podemos carregar a compra na bolsa ou mochila e colocar o máximo de itens em uma mesma sacola são algumas das práticas que todos nós deveríamos adotar. Além disso, levar para o supermercado carrinhos de compras e sacolas retornáveis são atitudes fáceis e extremamente positivas para a redução do plástico.

Consciência pelo mundo

A luta para a redução das sacolas plásticas está no mundo inteiro. Na Irlanda por exemplo, desde 2002 foi instituída a cobrança por cada sacola, diminuindo em 97% o consumo. Isso aconteceu também na China, que desde 2008 proíbe a distribuição gratuita das sacolas. E na Austrália, os varejistas se uniram ao governo em um programa nacional de conscientização, que já reduziu em 90% a utilização do plástico.

E estes são apenas alguns exemplos. Inúmeros países pelo mundo já reduziram drasticamente o consumo de sacolas plásticas, e agora estão declarando guerra aos canudos, igualmente prejudiciais ao planeta. E em breve, muitas outras embalagens e produtos plásticos também serão controlados, a fim de preservar e recuperar o nosso planeta.

O que nós podemos fazer?

– Um bom lembrete são os 3 R´s: reduzir, reutilizar, reciclar. Lembre-se deles todas as vezes que oferecerem a você uma sacola plástica.

– Incentivar familiares e amigos para o consumo consciente das sacolas. O melhor exemplo vem das pessoas ao nosso redor!

– Fazer suas compras no Andreazza usando sacolas retornáveis, carrinhos ou caixas de papelão. Assim você não economiza somente no bolso, mas também poupa o planeta de mais poluição!