Intral S/A e Supermercados Andreazza são as Empresas Inclusivas de 2015

 

As Intral S/A Indústria de Materiais Elétricos e os Supermercados Andreazza receberam o Selo de Empresa Inclusiva 2015 do Legislativo caxiense, durante a plenária desta quarta-feira (26/08). Essa honraria é concedida a empresas que apoiam a inclusão de pessoas com deficiência no quadro de colaboradores. O ato desta tarde foi conduzido pelo presidente da Câmara, vereador Flavio Cassina.

À frente da Comissão de Direitos Humanos, o parlamentar Virgili Costa/PDT fez o pronunciamento em nome da Casa, apresentando um histórico dos estabelecimentos agraciados. “Sou médico das antigas e me emociono quando vejo pessoas que trabalham pelo ser humano sem demagogia”, afirmou Virgili, da tribuna.

Sobre a Intral S/A, o vereador informou que, antes mesmo da lei estabelecer espaço para pessoas com deficiência, a empresa já mantinha parcerias com entidades de formação e atendimento de surdos e cegos. Segundo Virgili, a Intral presta capacitação e acompanha o deficiente quando ingressa na empresa, para que ele tenha uma melhor adaptação ao serviço. Um dos funcionários da indústria voltada à área de iluminação é deficiente visual e atua na Intral há 25 anos, relatou o parlamentar.

Ao receber o selo, o gerente administrativo-financeiro da Intral, Marcos André Caprara Costamilan, fez questão de externar agradecimentos à Câmara e aos colaboradores, nominando alguns que se encontravam na plateia, nesta tarde. Conforme Costamilan, dos 590 funcionários da empresa, 25 são pessoas com deficiência.  “Muito além do cumprimento de uma norma, abrir esse espaço é o papel de uma empresa cidadã”, frisou o gerente, acrescentando que a Intral tem 65 anos de história.

Em relação à Rede de Supermercados Andreazza, o vereador Virgili relatou que, dos 1.851 colaboradores, 84 possuem alguma deficiência. Eles são acolhidos através do projeto “Eficiência em Ação”. Em um vídeo mostrado no plenário, alguns deram testemunho do quanto gostam do trabalho que desenvolvem no supermercado e do carinho com que são recebidos pelos colegas e pela comunidade.

Diretor dos Supermercados Andreazza, Jaime Andreazza admitiu que, no início, a empresa teve receio de dar a largada ao projeto, porém, a partir da dedicação da equipe de Recursos Humanos e da aceitação por parte dos deficientes, começou a ver que seria promissor. “Os colaboradores com deficiência têm revelado muito comprometimento, foco nas tarefas e coleguismo acima da média. Agradecemos à equipe do RH, aos funcionários e às famílias que confiaram seus filhos a nós, e esperamos que nosso projeto sirva de exemplo a outras empresas”, enfatizou Jaime.

O presidente Flavio Cassina lembrou que a escolha das empresas inclusivas é feita por uma comissão constituída por várias entidades. Entre elas, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD). Representando o CMDPD, o presidente Silvestre Pedroso fez um breve discurso. Emocionado, ele contou que, no passado, era difícil ver a alegria hoje observada no semblante das pessoas com deficiência, tendo em vista que, por conta do trabalho e de novas oportunidades, agora, conseguem ser mais autônomas. Em nome do Executivo municipal, prestigiou a homenagem o secretário municipal de Segurança e Proteção Social, Roberto Louzada. Ele leu uma mensagem do prefeito Alceu Barbosa Velho, elogiando a atuação das duas empresas na cidade.

 

Sobre o Selo de Empresa Inclusiva

O Selo de Empresa Inclusiva é destinado pela Câmara de Vereadores em reconhecimento a empresas que apoiam a inclusão de pessoas com deficiência no quadro de colaboradores. A proposta da honraria deste ano partiu da Mesa Diretora da Casa, a partir da indicação de uma comissão composta por diversas entidades, e foi aprovada por unanimidade dos vereadores. Fazem parte da Mesa Diretora os parlamentares Flavio Cassina/PTB (presidente), Edi Carlos/PSB (1º vice-presidente), Guila Sebben/PP (2º vice-presidente), Edson da Rosa/PMDB (1º secretário) e Pedro Incerti/PDT (2º secretário).

O Selo Empresa Inclusiva foi instituído pelo decreto legislativo 283/A, de 22 de maio de 2012, a partir da iniciativa da vereadora Denise Pessôa/PT. Todo ano, por meio da distinção, a Câmara reconhece organizações empresariais que incluam, em seus quadros, pessoas com deficiência. Em 2013, foram agraciadas as empresas Agrale e Marcopolo. No ano passado, a honraria foi designada para a Randon e a Unimed Nordeste.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Câmara Municipal de Caxias do Sul
Foto: Rodrigo Rossi