DICAS PARA CONSUMIR CHOCOLATE NA PÁSCOA

Celebrar a Páscoa em família é tão gostoso quanto um bom chocolate. Então, que tal unir esses dois prazeres e ter um feriado doce em todos os sentidos? Confira algumas dicas e curiosidades, e saiba escolher o melhor chocolate pra você!

 

Quais são os tipos de chocolate?

Para felicidade dos chocólatras, existem vários tipos do doce! Mas antes de se jogar em todos, é importante saber os benefícios e as características de cada um! Os tipos mais comuns de chocolate são o branco; ao leite; meio amargo (com 40% a 55% de cacau) e o amargo, com alto teor de cacau, como as opções de 70% e até de 100%.

 

Qual a diferença entre os chocolates?

Entre o chocolate ao leite, branco, meio amargo e amargo, as diferenças são consideráveis, principalmente para a saúde. O chocolate branco é o menos saudável para o consumo por não ter massa de cacau, portanto a taxa de gordura e açúcares é elevada.

O chocolate ao leite é o preferido entre as crianças, por ser mais leve e com sabor adocicado, apresentando cacau e açúcar.  Já os chocolates meio amargo e amargo possuem mais benefícios à saúde por oferecem mais cacau e, consequentemente, menos açúcar.

 

Quais os benefícios do chocolate?

Que o chocolate deixa a gente mais feliz, todo mundo sabe. Mas os benefícios não param por aí! As propriedades encontradas no cacau estimulam a produção e a liberação de endorfina, contribuindo também para a redução do estresse e da ansiedade.

O cacau também apresenta grandes contribuições para nosso organismo com as vitaminas B1, B2 e niacina, que atuam na tonicidade muscular, no sangue e nos nervos; além das vitaminas A e C, que auxiliam na qualidade da pele e no fortalecimento dos ossos e do sistema imunológico.

 

Qual o melhor tipo de chocolate para a saúde?

O chocolate com maior teor de cacau sempre será a melhor opção quando o assunto for saúde. Além das vitaminas e estímulos que o cacau oferece, ele ainda tem fibras que auxiliam no bom funcionamento do intestino e é composto também pela epicatequina, um antioxidante natural que protege o organismo, prevenindo problemas no coração e doenças como o câncer. Os chocolates amargos levam menos açúcar, contribuindo também para a manutenção do peso.

Na dúvida, leve como regra: quanto mais cacau e menos açúcar tiver o chocolate, mais saudável ele é!

 

O chocolate branco é o vilão?

Por não possuir massa de cacau, o chocolate branco é o tipo menos saudável devido às altas quantidades de gordura e açúcar na sua composição. Ele não é um vilão terrível, mas seu consumo deve ser menor do que os outros tipos de chocolates.

Dica: se você prefere chocolates doces, faça a mudança gradualmente. Comece intercalando chocolate branco com chocolate ao leite, depois ao leite com meio amargo, até você educar o paladar unicamente com chocolates amargos. E quando você acostumar, vai ver que eles nem são tão amargos assim!

 

Tem uma quantidade ideal de consumo por dia?

Consumir chocolate é ótimo, mas tem limite! Pensando nisso, nutricionistas alertam para que a quantidade de consumo seja equilibrada e, conforme o tipo do chocolate, reduzida. Quanto maior for o teor de açúcar, menor deve ser o consumo.

Chocolate branco deve ser consumido uma ou duas vezes na semana, e no máximo 20 gramas. Já o chocolate amargo pode ser consumido diariamente, entre 30 e 40 gramas.

Outra dica importante é sempre saborear seu chocolate após as refeições. Assim, a tendência de consumo é menor, diminuindo as chances de cometer excessos.

 

O chocolate pode ser congelado?

Se você ganhou muito chocolate na Páscoa e está pensando em congelar algumas porções, cuidado! Além do chocolate ficar com aspecto esbranquiçado, ele perde todas as suas propriedades nutricionais. Então evite congelar ou guardar o chocolate na geladeira.

Para conservar, o ideal é que se guarde os chocolates em recipientes bem fechados e protegidos da luz e do calor. E fique atento para o vencimento do produto! Cada tipo de chocolate tem um prazo de validade diferente, principalmente aqueles que levam outros ingredientes, como frutas e cereais. Portanto, observe sempre a data de validade do fabricante.

 

E o chocolate diet é uma boa opção?

O chocolate diet não é recomendado para quem busca um doce mais saudável ou “magrinho”. Esse tipo de chocolate é indicado apenas para pessoas com restrições alimentares (como diabéticos, por exemplo). Como ele não leva açúcar, o chocolate ganha ainda mais gordura, não sendo considerado um doce “fit”.

 

Dicas anotadas? Então passe em uma de nossas lojas e tenha uma Páscoa deliciosa!