Como manter os produtos de feira frescos por mais tempo

Depois de aproveitar as ofertas, você chega em casa e fica na dúvida: vai ou não à geladeira? De qualquer maneira, poucos dias se passam, e as primeiras frutas, verduras ou legumes já começam a estragar. Você sabia que um dos principais motivos para isso acontecer precocemente é a maneira como guardamos esses alimentos? Sem contar que alguns já perdem aquela textura e sabor de alimento fresco. Ou seja, ganhamos na economia, mas perdemos para o desperdício.

Na postagem de hoje, trazemos algumas curiosidades e dicas para você armazenar os produtos de feira de maneira que durem mais tempo, preservando todas as suas qualidades. Confira:

Separe os alimentos
Naturalmente, frutas e vegetais liberam um gás inodoro, inofensivo e insípido chamado etileno. O problema é que certos alimentos possuem alta sensibilidade a esse gás, acelerando seu processo de amadurecimento. Por isso, na hora de guardar frutas e vegetais, evite misturar os que exalam mais gás e os sensíveis a ele.

  • Alimentos que produzem o gás etileno: maçãs, abacates, bananas, melão, frutas cítricas, figos, uvas, kiwi, manga, nectarina, mamão, pêssegos, peras, pimentão, abacaxi, ameixas e tomates.
  • Alimentos afetados pelo gás etileno: brócolis, couve, repolho, cenoura, couve-flor, pepino, berinjela, alface, salsa, ervilhas, batatas, espinafre, abóbora, batata-doce.

 

Hortaliças
Você pode mantê-las dentro ou fora da geladeira. Fora da geladeira, há duas maneiras: colocá-las num saco plástico aberto ou mergulhar seus talos e caules numa vasilha com água. Dentro da geladeira, acomode as hortaliças em saco plástico ou em vasilha com tampa.

 

Frutas
Sempre guarde as frutas com casca e sem lavar. Os danos na hora da higienização tornam esses alimentos mais propensos a micro-organismos prejudiciais a nossa saúde.

Frutas cítricas (laranja, bergamota…) e frutas com caroço (pêssego, ameixa…) devem ficar em áreas frescas e com bom fluxo de ar. No caso das cítricas, elas tendem a absorver os odores do refrigerador. Já frutas com caroço, armazene na geladeira apenas as bem maduras.

 

Higienização de verduras
Misture uma colher de água sanitária para cada litro de água potável. Deixe as verduras de molho por mais ou menos 20 minutos, enxágue e espere escorrer bem.

 

Abacate
Coloque o abacate na geladeira somente quando maduro. Nesse caso, sempre com caroço e envolvido em papel alumínio. Se verde, mantenha o abate em jornal e temperatura ambiente.

 

Banana
Sempre fora da geladeira. Para que as bananas durem por até 5 dias, enrole plástico filme à coroa dos seus cachos.

 

Cebola, alho e cebolinha
Conserve em local fresco e escuro. Outra dica bacana: batatas brotam se estiverem junto a cebolas. Então nunca as deixe próximas.

 

Maçã
Em local fresco e arejado, costuma permanecer boa para o consumo por mais ou menos duas semanas. Armazene as maçãs na geladeira apenas em períodos mais longos. Dica: as maçãs também ajudam a apressar o amadurecimento das peras.

 

Moranguinho
Moranguinhos e excesso de umidade são um prato cheio para fungos. Se você decidir levá-los à geladeira, seque as frutas e forre o fundo do recipiente com toalha de papel. Caso coloque os moranguinhos em camadas, separe-as também com papel toalha e tome cuidado para não machucá-los. A toalha de papel absorve os resquícios de água.

 

Tomate
Mantenha os tomates em local fresco, fora da geladeira e sem luz solar, sempre com a parte da haste para cima. Sabe o motivo? O ponto mais sensível da fruta é justamente ao redor da sua haste.

 

Existem diversos outros macetes, e certamente você conhece algum. Que tal compartilhar com todo mundo lá no Facebook? Não esqueça também de deixar seu comentário por aqui.

 

Fontes:
Incrível
G1
eCycle
Hortifruti